Última hora

Dados da DGS dizem que Vila do Conde tem 1.068 casos de Covid-19 e Póvoa de Varzim totaliza 1.043

11 Janeiro 2021
Dados da DGS dizem que Vila do Conde tem 1.068 casos de Covid-19 e Póvoa de Varzim totaliza 1.043
Local
0

Portugal regista hoje mais 122 óbitos e 5.604 novos casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, uma nova redução em relação aos aumentos do último dia, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).
A Direção-Geral da Saúde (DGS) regista ainda mais 213 pessoas internadas nas últimas 24 horas, totalizando 3.983, 9 das quais em unidades de cuidados intensivos (567 no total).
No relatório de 11 de janeiro sobre a Covid-19, a Direção-Geral da Saúde (DGS) apresenta 1.068 casos de Covid-19 em Vila do Conde e regista 1.043 na Póvoa de Varzim, por 100 mil habitantes, em 14 dias.
Desde que o primeiro caso de contágio foi diagnosticado, em março de 2019, Portugal teve 489.293 casos confirmados e 7.925 mortes relacionadas com a Covid-19.
A Direção-Geral da Saúde (DGS) considera ativos 109.312 casos, mais 2.534 do que no domingo, e dá como recuperados 372.056, mais 2.948, mantendo em vigilância 120.292 contactos, mais 3.082.
Em Portugal, foram diagnosticados com infeção pelo novo coronavírus 269.090 mulheres e 220.039 homens.
A maior parte dos novos casos (2.158) foi diagnosticada na região de Lisboa e Vale do Tejo, seguindo-se a região Norte, com 1.498 contágios, o Centro (997), Alentejo (519), o Algarve (233), os Açores (138) e a Madeira (61).
Dos 122 óbitos verificados nas últimas 24 horas, a maioria (47) aconteceu na região de Lisboa e Vale do Tejo, 34 foram no Norte, 28 no Centro, nove no Alentejo e quatro no Algarve.
Desde o início da epidemia de Covid-19 em Portugal morreram 4.131 homens e 3.794 mulheres com a doença, a maior parte com idades acima dos 80 anos.
Em Portugal, o Estado de Emergência, decretado em 9 de novembro de 2020 para combater a doença Covid-19, tem vindo a ser renovado e prevalece até ao próximo dia 15 de janeiro.
A pandemia de Covid-19 já provocou pelo menos 1.944.981 óbitos resultantes de mais de 90 milhões de casos de infeção em todo o mundo, mas há registo de pelo menos 64.920.137 pessoas recuperadas da doença.