Última hora

Presidente de Cabo Verde visita Portugal e lança livro no Correntes d’Escritas da Póvoa de Varzim

18 Fevereiro 2019
Presidente de Cabo Verde visita Portugal e lança livro no Correntes d’Escritas da Póvoa de Varzim
Cultura
0

O Presidente da República de Cabo Verde chegou este domingo a Portugal para uma deslocação de três dias, que começou com uma visita à comunidade cabo-verdiana no Seixal e inclui reuniões na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e o lançamento do seu novo livro no Correntes d’Escritas da Póvoa de Varzim.
De acordo com o programa desta visita, que o chefe de Estado revelou à comunicação social na passada sexta feira, na cidade da Praia, o programa do primeiro dia começa com “um contacto com a comunidade cabo-verdiana no Seixal”, em resposta a um convite de uma associação local e da Câmara Municipal.
Questionado sobre se essa deslocação está relacionada com os confrontos entre a polícia e moradores, registados em janeiro no bairro da Jamaica, no Seixal, Jorge Carlos Fonseca disse que não tem uma relação direta e que é uma “coincidência” o Jamaica ser um bairro próximo e vizinho do que vai visitar.
Neste primeiro dia da visita a Portugal, o Presidente da República cabo-verdiano teve um encontro com o seu homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa, com quem abordou temas de interesse aos dois países.
Na segunda feira, e enquanto presidente em exercício da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Jorge Carlos Fonseca teve um encontro com o secretário-executivo da organização, o português Francisco Ribeiro Telles, e com todos os representantes permanentes da organização, na sua sede, em Lisboa.
Na agenda está o programa da presidência cabo-verdiana e o plano de atividades para o biénio 2018-2020, com destaque para o tema da facilitação da circulação dos cidadãos lusófonos, uma proposta de Cabo Verde e Portugal.
Na terça feira, 19 de fevereiro, o chefe de Estado cobo-verdiano vai proceder à conferência inaugural no evento literário Correntes de Escrita, que vai decorrer na Póvoa do Varzim.
“Para mim e para Cabo Verde é uma grande honra ter sido convidado para a presidir à conferência inaugural desta que é a 20.ª edição do evento e por isso será o maior até agora, com mais de 140 escritores provenientes de mais de 20 países”, referiu Jorge Carlos Fonseca.
O título da conferência que vai proferir é “As letras da língua e a mobilidade dos criadores da CPLP” e vai ter uma comunicação “sobre as literaturas de língua portuguesa”.
Na tarde da mesma terça feira, Jorge Carlos Fonseca vai lançar o primeiro dos 40 livros que vão ser apresentados no certame, que é da sua autoria: “A sedutora tinta das minhas noites”.