Última hora

Portugal conta mais 166 óbitos e 10.947 novos casos de infeção devido à pandemia de Covid-19

16 Janeiro 2021
Portugal conta mais 166 óbitos e 10.947 novos casos de infeção devido à pandemia de Covid-19
País
0

Portugal regista hoje 166 óbitos relacionados com a Covid-19 e 10.947 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).
A Direção-Geral da Saúde (DGS) regista ainda mais 93 pessoas internadas nas últimas 24 horas, totalizando 4.653, 16 das quais em unidades de cuidados intensivos (638 no total).
Desde que o primeiro caso de contágio foi diagnosticado, em março de 2019, Portugal teve 539.416 casos confirmados e 8.709 mortes relacionadas com a Covid-19.
A Direção-Geral da Saúde (DGS) considera ativos 128.165 casos, mais 2.304 do que na sexta feira, e dá como recuperados 402.542, mais 8.477, mantendo em vigilância 155.401 contactos, mais 12.661.
Em Portugal, foram diagnosticados com infeção pelo novo coronavírus 296.379 mulheres e 242.859 homens, e 178 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação.
A maior parte dos novos casos (3.795) foi diagnosticada na região de Lisboa e Vale do Tejo, assim como na região Norte, com 3.795, o Centro (2.136), Alentejo (510), o Algarve (402), a Madeira (79) e os Açores (50).
Dos 166 óbitos verificados nas últimas 24 horas, a maioria (69) aconteceu na região de Lisboa e Vale do Tejo, 46 no Norte, 28 no Centro, 17 no Alentejo, cinco no Algarve e um na Madeira.
Desde o início da epidemia de Covid-19 em Portugal morreram 4.526 homens e 4.183 mulheres com a doença, a maior parte com idades acima dos 80 anos.
Em Portugal, o Estado de Emergência, decretado a 9 de novembro de 2020 para combater a pandemia da doença de Covid-19, tem vindo a ser renovado, e desde as 00:00 horas desta sexta feira, 15 de janeiro, Portugal entrou em confinamento.
A Covid-19 já provocou pelo menos 2.020.894 óbitos, resultantes de mais de 94 milhões de casos de infeção em todo o mundo, mas há registo de pelo menos 67.498.941 doentes recuperados.